segunda-feira, 16 de março de 2015

Por que a teoria do big bang e um mito?



Por que nunca vimos nada, nenhum objeto brotar do nada!

Com minha hipotese do Cosmo Vivo defendo que as estrelas e galaxias nao sao inorganicas ou mortas, mas sim seriam como organelas ou orgaos que pulsam em expansao e contracao( sistole e diastole) como um coracao em piscadelas dentro de um possivel corpo cosmico vivo aonde estariamos aprisionados dentro, similar a vermes, virus e bacterias que sao biologicamente aprisionados e vivem dentro dos orgaos e organelas do nosso universo vivo microcosmico. O nosso universo por sua vez seria um organismo vivo que viveria nas dimensoes do multiverso cacando universos paralelos vivos para sua alimentacao. A dimensao do multiverso poderia ser um outro master organismo vivo maior que englobaria todos universos paralelos vivos como partes ou celulaas do seu corpo e se alimentaria de outros multiversos vivos na dimensao masterversica superior que e do lado de fora do seu corpo. O masterverso poderia ser apenas uma nova micro parte ou dimensao de outro sistema maior contida dentro dele. No masterverso poderia existir muitos masterversos paralelos vivos que se alimentariam e englobariam uns dos outros e competiriam pela vida. O masterverso seria apenas uma parte de uma dimensao ainda superior, o hiperverso aonde tambem seria composto por hiperversos vivos que estaria englobados dentro dele perfazendo sua unidade corporea e assim ao infinito tudo seria vivo e Gigantariano( Gigantares e meu conceito filosofico universal que significa englobador, que o ser ou estrutura fisica que aprisiona ou envolve coisas dentro do seu corpo, e englobado, que e o ser ou estrutura fisica que e envolvido dentro de outros corpos ou estruturas fisicas). E assim sucessivamente ao infinito... Defendo ao mei estilo poetico a tese do pre socratico Anaximandro que a parte esta no todo e o todo esta na parte, e que toda a materia cosmica e divisivel infinitamente!

Exemplos de aplicacao teorica - empirica - pratica da definicao do meu conceito filosofico Gigantares. Nos somos Gigantares, por que envolvemos e abarcamos micro seres vivos como bacterias, virus e vermes dentro do nossos corpos, alem de envolvermos dentro dele ainda orgaos e organelas dos nossos corpos como ossos, intestinos, sangue e etc... Tambem somos envolvidos em outras estruturas,antes de nascermos fomos envolvidos nos uteros de nossas maes, antes de nascermos eramos caules de plantas, carnes de animais e toda especie de alimentos ingeridos pela nossa mae e pai para a formacao do nosso organismo. O semem e formado dentro do saco do pai envolvido e protegido por ele, logo tambem e Gigantares. Com o ovulo idem. As carnes e alimentos que nossos pais ingeriram tambem estavam dentro das dermes de animais e vegetais, a polpa da fruta estava contida dentro da casca, logo tambem e gigantares. Com aa carnes dos bois idem. E o boi, frutas, nossos pais e todos nos tambem estamos tambem contidos dentro da mae terra, todos protegidos e envolvidos pelo involucro de nuvens e pela camada atmosferica. O sol por sua vez esta englobado nos bracos da via lactea. Essa por sua vez seria apenas uma celula ou organela do corpo cosmico possivelmente vivo que tem bilhoes e trilhoes dela, que estariam todas englobadas e aprisionadas dentro dele envolvidas por uma possivel derme de materia condensada que seria a causa das trevas ou escuridao no espaco interestelar ou intergalacteo (ver minha hipotese da origem sobre as trevas no espaco sideral, so digitarem desse exarp geito qie acham no google algum post no meu blog com a explicacao dessa hipotese).
Logo somos sempre Gigantares, que e minha teoria e panteismo hilozoista do ser. Tudo seria vivo, divino e eternamente Gigantares!

Tenho varias analogias e comparacoes em observacoes empiricas do mundo para sustentar essa minha hipotese. Temos o intestino grosso que tem formato muito parecido com uma cobra, temos veias nos corpos do nosso sistema circulatorio que sao identicas a ramificacoes de rios e imagens de raios que caem do ceu. No proprio ceu temos nebulosas e galaxias com imagens similares a de seres vivos na terra como a nebulosa olho de gato. Vaga lumes que cintilam como as estrelas com suas luzes corporeas nas noites terrestres. Animais marinhos florescentes que produzem luzes multiplas e coloridas por bioluminescencia parecendo verdadeiros microcosmos ilumonados no fundo do mar. E ae formos ficar comparando acharemos muitas similaridades.

Segundo a interpretacao de grande parte de estudiosos da historia da filosofia, quando Thales de Mileto escreveu que o universo estava cheio de deuses nada mais quis dizer que o universo era um organismo vivo e que era em si todo vivo(o que e denominado hilozoismo). Pitagoras tambem falava em respiracao cosmica e que o espaco do universo era todo permeado por um pneuma apeiron que o ar da respiracao cosmica. Buda tambem chegou a perceber empiricamente o animismo cosmico dizendo que o universo estava cheio dos fogos da vida.

Eu penso que a vida pode ser divina, eterna e infinita. Que finito seriam apenas os seres particulares, que nascem, se desenvolvem, reproduzem se e morrem infinitamente em toda eternidade sem nunca ter tido um comeco absoluto por um Deus!

A consciencia particular seria apenas temporaria e finita. Provavelmente se apaga com a morte e nunca mais volta a se acender ou continua existindo depois da morte como creem os espiritas!